26.1.06

O combate à intolerância

Nos tempos que correm a única aventura intelectual que existe hoje em dia - e que é verdadeiramente excitante - é a de podermos atravessar impunemente as fronteiras religiosas, quaisquer que elas sejam, enquanto preservamos a nossa integridade.

3 comentários:

elisabete disse...

"Todos os dias há pessoas que se afastam da igreja e que regressam a Deus." - Lenny Bruce

Pena que tão poucos o consigam e permaneçam presos aos seus dogmas e àqueles que outros lhes fazem crer serem as tais verdades absolutas...

heidy disse...

É dificil! Em todas as nossas acções perante a sociedade está implicito/explicito um código de conduta. Imposto por quem?
Por um conjunto de crenças mais ou menos transformado ao longo dos sécs, pelas mais variadas ideias e credos. Não podemos escapar. Mas podemos transformar esses dogmas, consoante a nossa experiência de vida.
Não matarás...
Não cobiçar mulher alheia...
Não roubarás...
...

Misugi disse...

Concordo.
Mas visitar Taizé dá outra expressão á igreja e a Deus. Se calhar a expressão original.
Mas por falar em barreiras religiosas relembro o que li aqui há tempos, escrito por um teólogo islâmico :
" Não renego a minha Fé nem o meu Deus, mas sofro imenso, ao contrário do cristianismo, o Islão ainda não fez a maturação com a ciência... "
A mim estas palavras deram-me que pensar..